segunda-feira, 28 de maio de 2012

Carta aos Levitas

Ele te deu o dom de descobrir o tom, 
Ele te deu a voz para desatar os nós, 
Dos sentimentos teus e dos momentos meus 
E viu que era bom ouvir "aquele som" 
Então te deu o mar, o leito do luar, 
Então te fez sonhar e poetizar. 
E te encheu de amor para saber compôr, 
Para entender a dor do homem sofredor. 

Ele te deu a honra de estar no altar 
E conduzir a igreja quando vai cantar. 
Ele te fez artista 
Ele te deu um grito 
Ele te deu a chave para velejar 
No mar do coração de tantas emoções, 
Desilusões e medos, então... 

Ele te deu um quê, eu não sei bem porquê 
Para entender e ver o que ninguém não vê 
Tirar do impossível o visível som 
Não queira nunca não buscar explicação 
Navega na unção da tua inspiração 
E agradece a Deus o dom que Ele te deu 
Pois só será feliz aquele aprendiz 
Que diz: "És tu Senhor, a fonte do meu louvor." 

Ele te deu a honra de saber cantar 
Ele te deu a chance de poder tocar 
Ele te deu graça 
Ele te deu força 
Porém depende dEe para conquistar 
O vento, o tempo, o ar, o mar 
Aprenda a aprender e cante e toque para ensinar 
Para falar de Cristo, enfim, para louvar!



(Esta música é parte integrante do CD "Carta aos Levitas" de Atilano Muradas - 1999)



Nenhum comentário:

Postar um comentário